Aplique a fé para crescer

 

Além de prestarmos consultoria na área de Marketing e Vendas, temos tido a
oportunidade de encorajar centenas de empreendedores a uma princípios que vão além
das rotinas de vendas, estratégias comerciais ou formas de divulgação. É a jornada da fé 
para os negócios.


É claro que trabalho, conhecimento e esforço humano são fundamentais. Sempre
valorizamos isso em nossos treinamentos e palestras.


Mas as pessoas que acreditam em Deus e na força que vem Dele se tornam mais
fortes, resilientes e inspiradas para os mais diferentes projetos, inclusive os
empresariais.


Por acreditarmos e vivermos isso nas nossas vidas, preparei em conjunto com minha
esposa, a jornalista e especialista em Marketing, CEO da Ser Mídia Marketing e
Comunicação Estratégica, um artigo especial sobre fé. Nossa base é a Bíblia Sagrada,
manual para diferentes circunstâncias, inclusive negócios e finanças.

 
Você tem aplicado sua fé para crescer?

Força, ânimo e direção: como a fé impulsiona resultados

 

Ter fé é acreditar naquilo que se espera e ter convicção nos fatos que não vemos. Ela vai
além do pensamento positivo, que se baseia no otimismo na nossa capacidade de
realização. Mas a fé a que nos referimos aqui é acreditar que Deus pode nos ajudar a
realizar o que esperamos e alcançar lugares, posições, resultados que poderiam parecer
impossíveis naturalmente.


A Bíblia nos conta a história de um homem chamado Josué, chamado por Deus para
conduzir o povo a Terra Prometida, que representa os lugares de conquista na nossa
vida. Ao chamá-lo para essa missão, as Escrituras revelam as orientações de Deus a ele.


Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer
conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem
para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde
quer que andares. Josué 1:7


Desse breve trecho, podemos extrair lições fundamentais para quem quer experimentar
a fé que impulsiona resultados:


1- O poder do esforço


Como é bom quando as coisas acontecem naturalmente, sem dificuldades, não é
mesmo? Porém, a verdade é que nem sempre a história é assim. No caso de Josué,
quando Deus o chama para conquistar o novo território, Ele fala: “Esforça-te”.

 

Segundo o dicionário, esforço significa “intensificação das forças físicas, intelectuais ou
morais para a realização de algum projeto ou tarefa”, ou ainda “aquilo que se faz com
dificuldade e empenho; trabalho, empreendimento, obra”.


A favor de Deus abre as portas, mas é a competência que nos estabelece. Bispo
Robson Rodovalho.


Deus abre portas e oportunidades. Ele nos favorece, nos ajuda a encontrar as pessoas
chaves para agendarmos uma visita, a termos a ideia que vai ser a solução para os
nossos clientes ou nos oferece a chance de apresentar nossos projetos em lugares
estratégicos. Isso é favor.


Essa ajuda do alto deve ser acompanhada de esforço, que é quando valorizamos essas
oportunidades e cuidamos bem delas, dando o nosso melhor para clientes e parceiros.
Isso é ser competente.


A própria definição da palavra empreendedor nos fala disso. A palavra vem de
entreprenur (francês), um termo inicialmente usado para designar pessoas ousadas, que
estimulam o progresso econômico com novas e melhores formas de agir.


Geralmente o dono da empresa é o primeiro a chegar, o último a sair, é o que pensa
muitas vezes de dia e de noite em como crescer, alcançar melhores posições, pagar as
contas. Ele está sempre em busca de uma resposta prática para suas questões visando
crescer.


Na prática, o empreendedor é um realizador, alguém que sai da área do sonho, do
desejo, para a ação. Empreender quer dizer realizar, ter ação, iniciativa. Por isso, o
esforço e o trabalho são essenciais.


A ordem é fazer a nossa parte e crer que Deus nos fará ir além. Onde não posso
alcançar, quando a força acaba, na hora das crises e dos desânimos, é a fé em Deus
que nos sustenta e ajuda a voltarmos a acreditar nas nossas metas e persegui-las
até alcançá-las.

 

2- Lei do Ânimo


Para tudo na vida a gente precisa de fé, e não seria diferente para empreender. O
dicionário aponta que “ânimo é uma condição do espírito; alma ou espírito”. É a
“determinação diante de uma circunstância, mesmo que ela seja difícil ou perigosa”.


Algumas traduções do texto de Josué dizem: seja forte e corajoso, que fala de ter uma
ação diante da vontade ou desejo. Sonhar é muito importante, mas precisa ser seguido
da coragem de agir. Ter ânimo para ir e realizar.


A diferença é que esse ânimo não provém apenas de um pensamento positivo,
embora não haja nada errado em pensar positivamente. Mas o ânimo que faz
diferença vem de uma Conexão com Deus, do seu encontro com Ele, que te
confirma que os sonhos são Dele, nos dando força e novas ideias.

 

A ideia de “Inteligência Espiritual” está cada vez mais disseminada e pode ser
experimentada dia a dia. Tenha bom ânimo e serás bem-sucedido por onde quer que
andar.


Tire um tempo diário para se conectar com Deus por meio da oração. Além disso, a
leitura da Bíblia é uma das formas como Ele se revela. Ouvir músicas de louvor,
frequentar a Igreja e conviver com pessoas de fé são outros passos práticos para quem
quer manter o bom ânimo independentemente das circunstâncias.


3- Lei da Palavra


O texto bíblico de Josué 1:7 afirma que devemos ter “cuidado de fazer conforme a toda
a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para
a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares”.


A benção de Deus é baseada em leis espirituais, princípios, que estão descritos na
Bíblia. Não é qualquer coisa, nem de qualquer maneira. Existe o nosso jeito e o jeito de
Deus. Mas o “jeito de Deus” é sempre melhor.


A Bíblia ensina que não podemos ter sociedade com quem não teme a Deus. Jesus falou
sobre pagar impostos devidos (não sonegar). Também orienta que é melhor ter um bom
nome do que riquezas e a falar sempre a verdade.


Sobre a forma como devemos tratar as pessoas, a Bíblia resume a melhor dica que
conheço de atendimento ao cliente: trate as pessoas como gostaria de ser tratado.


Se queremos que Deus conduza os nossos negócios, devemos consagrar nosso trabalho
ao Senhor e viver segundo a Palavra dele. Essa é a grande chave. É saber que Ele olha e
vê suas atitudes.


Confiar seu caminho ao Senhor é fazer do jeito dele, e Ele nos deixou um manual
maravilhoso para nos guiar que é a Palavra de Deus.


Deus está na direção do seu negócio, da sua vida, do seu trabalho? As suas atitudes
mostram se Ele está governando.


4- O dom para adquirir riquezas


Sim, crescer financeiramente pode ser uma meta espiritual (e não é pecado, viu)?
Existem vários textos bíblicos que indicam que a abundância, as riquezas, a
prosperidade são favores que podem ser concedidos por Deus. Observe esses textos:


"Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra"; Isaías 1.19


“Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque é ele o que te dá força para
adquirires riquezas”
. Deuteronômio. 8:18


"O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida,
e a tenham com abundância"
;. João 10:10


O dinheiro não pode ser o centro da nossa vida, isso sim é pecado. Mas, se for para nos

servir, nos dar uma vida confortável, ajudar na Casa de Deus, dar coisas boas para os
nossos filhos, não há nada de errado.


Note que a generosidade está no cerne da conquista de riquezas, segundo Deus. Tudo
que Ele nos dá é para um propósito. Isso não quer dizer doar tudo que ganha, mas
observar o necessitado, ajudar aqueles com dificuldade, contribuir com projetos sociais
e com a Igreja.


“ Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em
qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de
graças a Deus”
. 2 Coríntios 9:11


5- Nem todos os caminhos levam a Deus


Uma crença que tem prejudicado muitos em ter uma fé viva e com resultados é a ideia
de que todos os caminhos levam a Deus. Com isso, muitos se entregam a religiões,
ideias e filosofias que não trarão benefícios a médio e longo prazo, pois são baseadas
em ideias humanas.


A Bíblia, nosso manual de vida, nos ensina que o caminho que nos leva a Deus é Jesus.
Todos nós somos falhos e não mereceríamos qualquer ajuda divina. Mas Jesus, ao
morrer na cruz, nos libera da culpa dos nossos erros e nos dá acesso a Deus, que é fonte
infinita de toda sabedoria, força e poder.


Temos visto muitos empreendedores que, apesar de muito se esforçarem, buscarem
ânimo, conhecimento e desejarem as riquezas, sucumbem em crises existenciais,
emocionais ou financeiras.


Nenhum sucesso é capaz de nos preencher por inteiro. Fomos criados para termos
relacionamento com o Criador.


Por outro lado, temos testemunhado milhares de pessoas de diferentes classes sociais,
formação, credos, abrindo mão de preconceitos e visitando nossas igrejas. A primeira
reação costuma ser um impacto ao perceber o quão real Deus é no nosso meio. Ao se
envolver, tem suas vidas transformadas para melhor em cada área, inclusive nos
negócios.


Ao desejar sucesso nas vendas, deixamos aqui essa mensagem de fé e ânimo para nos
conectarmos a cada dia mais e mais com Deus. Essa é uma jornada da qual, certamente,
jamais nos arrependeremos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Dica para Gestores: Campanhas de Vendas

April 29, 2019

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags